DSpace logo

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/jspui/handle/riuea/764
Título: A acessibilidade do surdo nas unidades básicas de saúde na cidade de Parintins Amazonas
Título(s) alternativo(s): The accessibility of the deaf in the basic health units in the city of Parintins Amazonas
Autor(es): Valente, Leidiane
Palavras-chave: Acessibilidade
Surdo
Enfermagem
Data do documento: 13-Dez-2017
Editor: Universidade do Estado do Amazonas
Resumo: Hearing impairment is declared as the second disability that affects the population the most, and we know that deaf people sporadically have the presence of an interpreter when looking for care at the Basic Health Units. In view of this, the principal objective is to verify the level of understanding between the deaf person and the professional in the UBS. And for the development was used of the mixed methodology of descriptive exploratory character. As an instrument was used an interview script with UBS professionals and the deaf. The structure is organized into topics that bring in their referential authors great contributions for the accessibility of the deaf and that give us grounding in discussing the great difficulty of professionals and the deaf in trying to establish communication. The work shows what has already been foreseen, that there is in fact no accessibility for the deaf at the Parintins UBS, and it is concluded that the deaf are the only ones who seek their inclusion, learning other forms of communication, such as writing.
Descrição: A deficiência auditiva é declarada como a segunda deficiência que mais atinge a população e mesmo diante desse relato sabe que os surdos esporadicamente possuem a presença de um intérprete ao procurar atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Diante disso este trabalho tem como objetivo principal, verificar em que nível de compreensão fica o diálogo da pessoa surda com o profissional nas Unidades Básicas de Saúde. E para o desenvolvimento utilizou-se da metodologia qualitativa e quantitativa de caráter descritiva exploratória. Como instrumento utilizou-se roteiro de entrevista com os profissionais da UBS e os surdos. A estrutura está organizada em tópicos que trazem em seu referencial autores de grandes contribuições para acessibilidade do surdo e que nos dão embasamento ao discutir a grande dificuldade e insatisfação dos profissionais e dos surdos ao tentarem estabelecer comunicação. O trabalho mostra o já previsto, que não existe de fato acessibilidade aos surdos nas UBS da Parintins e diante disso conclui-se que os surdos são os únicos que buscam por sua inclusão, aprendendo outras formas de comunicação.
URI: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/handle/riuea/764
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
A acessibilidade do surdo nas unidades básicas de saúde na cidade de Parintins Amazonas.pdf623,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons