DSpace logo

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/jspui/handle/riuea/620
Título: Agricultura familiar sob a perspectiva de segurança alimentar e fonte de renda com a produção e comercialização dos derivados da mandioca (os beijús) dos agricultores (as) da comunidade do maranhão – Parintins-AM.
Título(s) alternativo(s): Family agriculture from the perspective of food security and source of income with the production and marketing of the cassava (beijús) derivatives of farmers in the community of maranhão - Parintins-AM.
Autor(es): Gomes, Jordegleidson
Palavras-chave: Agricultura Familiar
Derivados da Mandioca
Agroindústria Caseira
Segurança Alimentar
Data do documento: 29-Ago-2017
Editor: Universidade do Estado do Amazonas
Resumo: he present study was characterized as a case study and its main objective was to analyze the importance of family agriculture from the perspective of food security and source of income with the production and commercialization of cassava (beijus) Community of Nossa Senhora das Graças of Maranhão, Parintins-AM municipality, and as specific objectives: to identify the production processes and to outline the socioeconomic profile of the farmers. The methodology used was direct observation, Interviews, and the application of a semi-structured questionnaire to 10 (ten) farmers who work on cassava cultivation, and after turning it into a final product, market their products directly at the Producer's Fair in the city of Parintins. In the sequence, a bibliographic survey was carried out, as well as secondary data collection and field research. In the quest for answers to some questions about the lack of regional food from family farms, and to understand the changes in the production chain of cassava products, where flour is no longer the main product of these farmers, Who are adjusting to the rules imposed by the market, and have developed the perception of working with products available in their production units, and which generate a better income for their family. In the research it was possible to verify that the farmers develop their means and production methods in a traditional way, and their fields are constructed according to the size of the families and the available labor force, influencing the size of the plots, changing the relations of Production that was made through labor exchanges, known as puxirum among the farmers, today, the majority, daily paid in the construction of His work. Thus, using bank credit financing such as PRONAF B - FNO (Family Agriculture Strengthening Program), which helps to subsidize the cultivation of cassava. However, cassava crop cultivation is the main source of income for the farmers under study, however the flour lost space for other derivatives such as beiju (washed beiju, beiju cica, beiju scarf, beiju quebradinho and beiju pé-de- This exchange occurred due to several factors, which favor this exchange, a better Value added of the product; Less demand for time and work; And the lower use of raw materials, favoring work and better income and food security for families.
Descrição: O presente trabalho caracterizou-se como estudo de caso e teve como objetivo principal analisar a importância da agricultura familiar sob a perspectiva de segurança alimentar e fonte de renda com a produção e comercialização dos derivados da mandioca (os beijus) dos agricultores (as) da comunidade Nossa Senhora das Graças do Maranhão, município de Parintins-AM, e como objetivos específicos: identificar os processos de produção e traçar o perfil socioeconômico dos agricultores. A metodologia utilizada foi a observação direta, entrevistas, e aplicação de questionário semiestruturado para 10 (dez) agricultores que trabalham no cultivo da mandioca, e após transforma-la em produto final, comercializam seus produtos diretamente na Feira do Produtor na cidade de Parintins. Na sequencia foi realizado o levantamento bibliográfico, e coleta de dados secundários e pesquisa de campo. Na busca por respostas a alguns questionamentos sobre a carência de alimentos regionais advindos da agricultura familiar, e compreender as mudanças ocorridas na cadeia de produção dos derivados da mandioca, onde, a farinha deixou de ser o principal produto desses agricultores, que vão se ajustando as regras imposta pelo mercado, e desenvolveram a percepção de trabalhar com produtos disponíveis em suas unidades de produção, e que geram uma melhor renda para a sua família. Na pesquisa foi possível verificar que os agricultores desenvolvem seus meios e modos de produção de forma tradicional, e suas roças são construídas de acordo com o tamanho das famílias e a mão-de-obra disponível, influenciando no tamanho dos roçados, mudando as relações de produção que era feita através de trocas de trabalho, conhecido como puxirum entre os agricultores, hoje, a maioria, paga diária na construção de sua roça. Assim, recorrendo a financiamento de credito bancário como o PRONAF B – FNO (Programa de Fortalecimento da Agricultura familiar), que ajuda a subsidiar o cultivo da mandioca. No entanto, o cultivo da roça de mandioca é a principal fonte de renda dos agricultores em estudo, no entanto a farinha perdeu espaço para outros derivados como os beijus (beiju lavado, beiju cica, beiju lenço, beiju quebradinho e beiju pé-de-moleque), visto que esta troca se deu em decorrência de vários fatores, que favorecem essa troca, um melhor valor agregado do produto; menor demanda de tempo e trabalho; e o menor uso de matéria prima, favorecendo o trabalho e uma melhor renda e segurança alimentar para as famílias.
URI: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/handle/riuea/620
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons