DSpace logo

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/jspui/handle/riuea/1072
Título: Os altos custos com as passagens aéreas para o interior do Estado do Amazonas em aeronaves de médio e grande portes: um estudo de caso em uma empresa aérea que atua no interior amazonense
Título(s) alternativo(s): The high costs with the air tickets to the interior of the state of Amazonas in aircraft of medium and large sizes: a case study in an airline that operates in the Amazonian interior
Autor(es): Antunes, Tatiana Aparecida
Palavras-chave: Infraestrutura aeroportuária
Airport infrastructure
Altos custos com combustível de aviação
High costs with aviation fuel
Data do documento: 30-Ago-2018
Editor: Universidade do Estado do Amazonas
Resumo: Due to the fact of being a more distant region, taking an airplane trip within the North region of Brazil is more expensive than travelling to other places within the same country. The lack of airport infrastructure and government incentives makes the airlines not to be interested in the aviation market in the Amazon state. Currently a single regional airline offers regular flights to the whole state, which is based in the Amazonian capital, where is also situated the most important airport in the North region, Eduardo Gomes International Airport. The current work had as its main study objective to expose the high costs of an airline in flying to the Amazon state countryside and Pará, as well as to show the lack of airport infrastructure, causing the cost of a trip to increase even more, and having as consequence the not decreasing of the airplane ticket final price. The great responsible for the cost increase was the aviation fuel (QVA), for the planes, obligatorily, must travel to countryside with fuel to go and come back, since these airports don’t have the airship refueling service. A case study was made of a regional airline with qualitative and quantitative interpretation of its Financial Statements and Balance Sheet of the years 2013 and 2014. Throughout the study it was possible to note how more than 50% of the total direct costs are spent with aviation fuel.
Descrição: Pelo fato de ser uma região mais afastada, fazer uma viagem aérea na região Norte do Brasil custa mais caro do que viajar para outros lugares dentro do próprio país. A falta de infraestrutura aeroportuária e incentivos governamentais faz com que empresas aéreas não se interessem pelo mercado da aviação no estado do Amazonas. Atualmente uma única empresa aérea regional oferece voos regulares para todo o estado, a qual está sediada na capital amazonense, onde também se encontra o aeroporto mais importante da região Norte, o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. O presente trabalho teve como objetivo principal de estudo expor os altos custos de uma companhia aérea ao realizar viagens aéreas para o interior do estado do Amazonas e Pará, bem como mostrar a falta de infraestrutura aeroportuária fazendo com que o custo de uma viagem aumente ainda mais, e tendo como consequência a não diminuição do preço final da passagem aérea. O grande responsável pelo aumento dos custos foi o combustível de aviação (QVA), pois os aviões, obrigatoriamente, devem deslocarse para o interior com combustível para ir e voltar, devido a esses aeroportos não possuírem o serviço de reabastecimento de aeronaves. Foi feito um estudo de caso de uma empresa aérea regional com interpretação qualitativa e quantitativa de suas Demonstrações Contábeis e Balanço Patrimonial dos anos de 2013 e 2014. Através do estudo foi possível observar como mais de 50% dos custos diretos totais são gastos com combustível de aviação.
URI: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/handle/riuea/1072
Aparece nas coleções:Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons