DSpace logo

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br//handle/riuea/3266
Title: (Re)existências no Alto Rio Negro: a arte cerâmica Baniwa e suas relações sociopolíticas
Authors: Holanda, Paulo César Marques
metadata.dc.contributor.advisor1: Almeida, Alfredo Wagner Berno de
Keywords: Tradições;Tradições – cultura Baniwa;Amazônia brasileira
Issue Date: 2020
Publisher: Universidade do Estado do Amazonas
metadata.dc.description.resumo: O objeto cerâmico serve como marcador de tempo e estabelecimento dos povos indígenas amazônicos. Caracteriza-se como ofício totalmente manual e realizado por mulheres, transmitido de forma ligada a valores, de geração em geração. Este fazer cerâmico está presente na cultura Baniwa, no Alto Rio Negro, sendo parte de suas tradições e manifestações artísticas, ocupando prestígio entre as indígenas. Entretanto, as transformações culturais advindas com a modernidade, minguaram a produção cerâmica entre este povo, decorrente de várias causas e motivações. Desta feita, estabeleci como objetivo deste trabalho verificar os desdobramentos políticos e socioculturais presente no fazer cerâmico, bem como identificar a história dessas agentes sociais e as barreiras existentes neste processo. Para a realização desta pesquisa foram entrevistadas ceramistas Baniwa, cujas narrativas ofereceram o subsídio principal para este trabalho.
Abstract: The ceramic object serves as a marker of time and establishment of the Amazonian indigenous peoples. It is characterized as a completely manual craft and performed by women, transmitted in a value-related way, from generation to generation. This ceramic making is present in the Baniwa culture, in the Upper Rio Negro, being part of its traditions and artistic manifestations, occupying prestige a mong the indigenous. How ever, the cultural transformations that came with modernity, have diminished the ceramic production among this people, dueto various causes and motivations. This time, I established as objective of this work to verify the political and sociocultural developments present in the ceramic making, as well as to identify the history of these social agents and the existing barriers in this process. To conduct this research, Baniwa potters were interviewed, whose narratives offered the main subsidy for this work.
URI: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br//handle/riuea/3266
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - PPGICH Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Re-existências no Alto Rio Negro - a arte cerâmica Baniwa e suas relações sociopolíticas.pdfArquivo principal.4,65 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons