DSpace logo

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br//handle/riuea/3222
Title: A narrativa oral das mulheres sobre a farinha na comunidade São Bonifácio do rio Marau-AM.
Other Titles: The women's oral narrative about flour in the São Bonifácio community of the Rio Marau-AM.
Authors: Batista, Adeil dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, Dilce Pio
Keywords: Mulher;Farinha;Tradição;Cultura Indígena
Issue Date: 2-Aug-2019
Publisher: Universidade do Estado do Amazonas
metadata.dc.description.resumo: Apesar do conhecimento prático na produção da farinha, não temos documentos ou receitas quanto ao preparo, ou até mesmo registros que possam fundamentar o surgimento deste alimento. Mediante a essa constatação, busca-se abordar sobre a produção da farinha da mandioca, e compreender o papel das mulheres na produção da farinha na Comunidade São Bonifácio Rio Miriti/Marau. Pois na atualidade, há dúvidas ainda de quem a produz, ou seja, se essa produção é da responsabilidade do homem ou da mulher indígena bem como saber todo o processo da farinha até tornar-se alimento saudável consumido nas refeições. No intuito de contextualizar melhor esta temática, utilizamos alguns apontamentos teóricos acerca do termo produção da farinha na visão de autores estudiosos dessa área do conhecimento, como: Amaral & Vieira (2009), Torres (2014), Kauss & Peruzzo (2012), Silva (2015). Seguidos de delimitações metodológicas com a abordagem qualitativa etnográfica participante, com resultados obtidos através de entrevistas com a aplicação de questionários. Os resultados revelaram a importância da mulher na produção da farinha, levando em consideração os costumes e a tradição herdada por um determinado povo.
Abstract: Despite the practical knowledge in the production of the flour, we do not have documents or recipes regarding the preparation, or even records that can support the emergence of this food. Based on this observation, we seek to address the production of manioc flour, and to understand the role of women in the production of flour in the São Bonifácio Rio Miriti / Marau Community. Nowadays, there are still doubts about who produces it, that is, whether this production is the responsibility of the indigenous man or woman as well as knowing the whole process of the flour until it becomes healthy food consumed at meals. In order to better contextualize this theme, we use some theoretical notes about the term flour production in the view of authors who study this area of ​​knowledge, such as: Amaral & Vieira (2009), Torres (2014), Kauss & Peruzzo (2012), Silva (2015). Followed by methodological delineations with the qualitative ethnographic participant approach, with results obtained through interviews with the application of questionnaires. The results revealed the importance of women in the production of flour, taking into account the customs and tradition inherited by a certain people.
URI: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br//handle/riuea/3222
Appears in Collections:CESP - Trabalho de Conclusão de Curso Graduação



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons