DSpace logo

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorioinstitucional.uea.edu.br//handle/riuea/2560
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSousa, Kelly Vanessa Nunes de-
dc.date.available2020-04-08-
dc.date.available2020-04-11T22:24:50Z-
dc.date.issued2019-12-03-
dc.identifier.urihttp://repositorioinstitucional.uea.edu.br//handle/riuea/2560-
dc.description.abstractThe literary work Alice in Wonderland brings to students a sharing of imagination, creation and scenic experiments through the enactment or possibilities of dramatization of this text. During the course of the undergraduate course the author of this work knows this work and I decided to deepen and know this millenary literature. From the study of this work begins to develop in the Cultural Paths of Art theatrical possibilities with the children's theater class through the principle of methodology of Rildo Cossson (2018) that works the basic sequence, along with the dramatization games of Luiz Fernando de Souza (2008). The process with the Alice in Wonderland Literary Work reveals that the process within the classroom can be meaningful, and stimulating new knowledge for everyone involved, every moment we thought of giving up came the idea of the author of this work or the children involved. To continue and just as Alice in Wonderland took the risk, so did we end the process with sensations that Wonderland exists, now we must believe in the impossible full of possibilities. Keywords: Theatrical possibilities, Alice in Wonderland, Drama, Childhood theather, Non-formal Education.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade do Estado do Amazonaspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAtribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectAlice no País das Maravilhaspt_BR
dc.subjectDramatizaçãopt_BR
dc.subjectTeatro Infantilpt_BR
dc.titlePara onde vai esse caminho? Possibilidades teatrais com a dramatização de Alice no País das Maravilhaspt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.date.accessioned2020-04-11T22:24:50Z-
dc.contributor.advisor1Souza, Fátima Maria da Rocha-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4271764063399306pt_BR
dc.contributor.referee1Souza, Fátima Maria da Rocha-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4271764063399306pt_BR
dc.contributor.referee2Santos, Daniely Peinado dos-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/5951437006059198pt_BR
dc.contributor.referee3Nogueira, Carolina Cecília Carvalho-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/9649425721344718pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4726637706979713pt_BR
dc.description.resumoEsta pesquisa Para onde vai esse caminho? Possibilidades teatrais com a dramatização de Alice No País das Maravilhas traz para os estudantes um compartilhar de imaginação, criação e experimentos cênicos através da encenação ou possibilidades de dramatização desse texto. No curso de graduação conheço essa obra e decido aprofundar e conhecer essa literatura milenar. A partir do estudo dessa obra comecei a desenvolver no espaço Cultural Caminhos da Arte possibilidades teatrais com a turma de teatro infantil através da sequência básica apresentada por Rildo Cossson (2018) e dos jogos de dramatização de Luiz Fernando de Souza (2008). O processo com a obra literária Alice no País das Maravilhas revela que o desafio dentro da sala de aula pode ser significativo e estimular novos conhecimentos para todos os envolvidos. Em cada momento que pensávamos em desistir, surgia uma ideia minha ou das crianças envolvidas para continuar e assim como Alice correu risco no mundo das maravilhas, nós também corremos para terminar o processo com a sensação de que o mundo das maravilhas existe. Agora é necessário acreditarmos no impossível imbuído de possibilidades. Palavras-chaves: Possibilidades teatrais, Alice no País das Maravilhas, Dramatização, Teatro infantil, Ensino não formal.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.relation.referencesBANDEIRA, Jorge. Alice Cordel. Manaus, Valer, 2015. BARBOSA, Ana Mae (org). Inquietações e mudanças no ensino da arte. São Paulo: Cortez, 2008. BONDIA, Jorge Larrosa. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Tradução de João Wanderley Geraldi. Universidade Estadual de Campinas, Departamento de linguística. Jan\Fev\Abr 2012. CARROLL, Lewis. Alice no País das Maravilhas. Tradução, Introdução e notas Isabel de Lorenzo. Tradução dos poemas Nelson Ascher. 2ª ed. SP. Editora SOL, 1971. COELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil: teoria, análise, didática \ - 1º ed. – São Paulo: Moderna, 2000. COSSON, Rildo. Letramento literário: teoria e prática \ 2º ed., 7º impressão. - São Paulo: Contexto, 2018. FERRAZ, Maria Heloísa C. de T. Metodologia do ensino de arte : fundamentos e preposições. 2ed. Ver. E ampl. – São Paulo: Cortez,2009. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à pratica educativa. - São Paulo: Paz e Terra, 1996 (Coleção Leitura) JAPIASSU, Ricardo Ottoni Vaz. Metodologia do ensino de teatro\ Campinas,SP: Papirus, 2001. – ( Coleção Alegre) MISNISTERIO DA EDUCAÇÃO. Base Nacional Comum Curricular. In: Componente curricular de Arte. Ensino Fundamental, 2017. PUPO, Maria Lucia. Teatro e Educação Formal. 2015. SALLES, Cecilia Almeida. Gesto Inacabado: processo de criação artística. São Paulo: FAPESP/Annablume, 1998. SINISTERRA, José Sanchis. Da literatura ao palco: dramaturgia de textos narrativos. Tradução: Antonio Fernando Borges. 1ª ed. São Paulo: É Realizações, 2016. SOUZA, Luiz Fernando de. Um palco para o conto de fadas: uma experiência teatral com crianças pequenas. – Porto Alegre: Editora Mediação, 2008. GOHN, Maria da Glória. Educação não formal e o educador social: atuação no desenvolvimento de projetos sociais. – São Paulo: Cortez, 2010. – (Coleções questões da nossa época ; v.1)pt_BR
dc.subject.cnpqTeatropt_BR
dc.publisher.initialsUEApt_BR
Appears in Collections:ESAT - Trabalho de Conclusão de Curso



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons